Relação com Fornecedores

A JBS entende que seu relacionamento com seus fornecedores é essencial e relevante para a prosperidade da cadeia de valor. Por isso, a Companhia desenvolve uma série de ações para estreitar o relacionamento com seus públicos de interesse, pautada pela confiança, respeito, ética e transparência.

Também mantém um diálogo constante com seus fornecedores, principalmente sobre questões relacionadas ao respeito aos direitos humanos e às legislações trabalhistas nacionais e locais. As relações são pautadas pela integridade e têm como referência o Código de Conduta para Parceiros de Negócios. As diretrizes do documento garantem que os fornecedores se mantenham alinhados aos padrões de negócios adotados pela JBS.

A JBS atua ao lado dos produtores, oferecendo apoio técnico e de gestão, aliando sustentabilidade e preservação dos negócios. Como a empresa considera seus fornecedores parceiros de negócios, programas são desenvolvidos como uma forma de agregar valor e conhecimento a sua cadeia de fornecimento.

Bovinos

Dentre as iniciativas da JBS junto aos fornecedores de gado, estão:

Programa Rebanho Araguaia - Promove o desenvolvimento da pecuária sustentável na região Médio Vale do Araguaia, em Mato Grosso, uma das principais regiões produtoras de gado do Brasil. Em parceria com a Liga do Araguaia, que reúne por volta de 60 pecuaristas na região, a JBS oferece suporte técnico de consultores especializados em gestão e manejo de pastagens, garantindo melhor produtividade em áreas ambientalmente regularizadas e maior rentabilidade aos produtores, ação que contribui para a redução líquida das emissões de gases de efeito estufa.

Programa Fazenda Nota 10 - Oferece treinamentos para uma gestão de alta performance, permitindo maximizar os resultados das fazendas de gado de corte no Brasil. Desenvolvido pela Companhia em parceria com o Instituto Inttegra, o programa é voltado aos pecuaristas em todo o País.

Selo Biocombustível Social – A iniciativa é uma parceria adotada pela Friboi e a JBS Biodiesel, na região de São Miguel do Guaporé (RO) e outros 17 municípios de Rondônia, que trabalha por meio da capacitação dos pequenos pecuaristas, visando a melhoria de pastagens, gestão da propriedade, manejo do rebanho e aprimoramento genético, com garantia de compra pela empresa.

O Programa Selo Combustível Social (SCS), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), está atrelado ao Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB). Como o sebo bovino, coproduto do processamento de carne, é a segunda fonte mais importante de matéria-prima para produção de biodiesel no Brasil, a inclusão da cadeia da pecuária no PNPB pôde gerar um estímulo maior à economia.

O apoio ao projeto habilitou a JBS Biodiesel a receber o Selo Combustível Social do Governo brasileiro.

Farol da Qualidade - A ferramenta adotada no Brasil concilia gestão de qualidade da matéria-prima e comunicação com o pecuarista, relacionando parâmetros técnicos, como peso, idade do animal, acabamento de gordura e sexo, a uma política de bonificação pela qualidade.

Conexão Gestão - Programa brasileiro voltado a aprimorar as habilidades gerenciais dos pecuaristas de porte médio, responsáveis pelo fornecimento entre 300 e 2.000 animais por ano. Oferece um conjunto de ferramentas de apoio ao aumento da eficiência de todos os elos da cadeia produtiva da carne bovina, desde o pecuarista fornecedor até o consumidor final.

Portal Conexão Friboi - O portal Conexão Friboi tem como objetivo aperfeiçoar o relacionamento da Companhia com pecuaristas, fornecedores ou não da JBS no Brasil. A ferramenta promove discussões, dissemina conteúdos relevantes e ajuda o produtor a melhorar seu negócio.

GTPS - apoio à implementação do GIPS - A JBS, em parceria com o GTPS e a ONG Solidaridad, apoia a implementação do GIPS no estado do Pará. O Guia de Indicadores da Pecuária Sustentável (GIPS), desenvolvido pelo GTPS, tem a finalidade de auxiliar o produtor a avaliar o nível de sustentabilidade de sua propriedade, gerando uma auto-avaliação de diversos temas e um plano de orientações para avançar no desenvolvimento de uma pecuária sustentável.

Aves e Suínos

A garantia de qualidade da cadeia de produção está baseada na relação diferenciada entre a Companhia e seus 9 mil fornecedores integrados, que produzem com exclusividade para a Seara. É uma parceria em que os produtores recebem todos os insumos – pintos de 1 dia e leitões, 100% da ração, assistência técnica e fretes, que representam 93% dos custos. Ao produtor cabe a responsabilidade sobre a mão de obra, o cuidado com os animais, energia elétrica, instalações, maravalha e lenha. Desse modo, a empresa garante que a aquisição de 100% dos produtos esteja em conformidade com sua política de compras.

Há um rigoroso sistema de gestão de todas as etapas de produção, desde a seleção da genética dos animais, passando pelo processamento, até o transporte dos produtos para o ponto final de venda.

Para fortalecer o relacionamento entre integrados e a empresa, a Seara instituiu, em 2014, a premiação SuperAgro, cujos objetivos são: reforçar a relação de comprometimento e confiança; motivar e reter produtores atuais e atrair novos produtores; valorizar o sistema de integração com a comunidade; e reconhecer os produtores com os melhores resultados e práticas de manejo.

A gestão desses produtores é realizada por cerca de 500 extensionistas, profissionais que visitam as propriedades periodicamente e que, além da assistência técnica no manejo de criação e sanitário das aves e suínos, dão suporte técnico durante e após as construções e melhorias das instalações, capacita e assessora os produtores no gerenciamento do custo de produção e no fluxo de caixa da atividade, buscando oportunidades de redução e boas práticas para aumento de desempenho, produtividade, bem-estar animal e rentabilidade da atividade. Assim, a empresa promove o aumento de renda de seus integrados e, consequentemente, contribui para o desenvolvimento econômico da região.

Anualmente, a Seara avalia todos os seus integrados por meio do Índice de Sustentabilidade, que mensura práticas das mais básicas até as mais avançadas nos aspectos ambiental, econômico e social.

O sistema de Integração com a Seara apoia e estimula o investimento na modernização e na adoção de tecnologias sustentáveis que oferecem a atividade de redução de custo com incremento de eficiência e aumento de produtividade, bem como incentiva financeiramente as construções de novos projetos, com políticas de remuneração personalizadas para cada categoria animal. A constante evolução tecnológica desse sistema deu um importante passo em 2020, quando a Seara lançou o projeto Granja 4.0, com previsão de automatizar 100% da gestão das operações em curto prazo.


Programas e Conteúdo

A Friboi e Seara possuem ainda dois programas com conteúdo voltados aos pecuaristas e produtores integrados. Transmitidos pelo Canal Rural, os programas Giro do Boi e Ligados & Integrados, respectivamente, se mantêm como referência aos profissionais do setor.