Garantia de Origem

A JBS tem consciência do seu papel de referência na cadeia de valor, que começa pela compra responsável de matéria-prima, influenciando a cadeia de forma transversal desde a adoção de boas práticas pelos fornecedores até a qualidade final dos produtos.

Por isso, a aquisição de matéria-prima é pautada pelos princípios da compra responsável, que envolve não apenas a conformidade com os regulamentos e legislações de cada país, mas também as práticas de referência no setor.

Todas as compra de gado da JBS são procedentes de fazendas que:

No Brasil, a Companhia possui um robusto sistema de monitoramento socioambiental para monitorar e verificar se as atividades de seus fornecedores de gado obedecem aos critérios socioambientais determinados por sua Política de Compra Responsável de Matéria-Prima, de forma a garantir uma cadeia de fornecimento sustentável. Por meio de imagens de satélites, uma área superior a 3,5 vezes a área do Reino Unido, mais de 85 milhões de hectares, são monitoradas. Diariamente, cerca de 80 mil fazendas fornecedoras de gado cadastradas são analisadas nos biomas Amazônia, Cerrado, Pantanal, Mata Atlântica e Caatinga. Saiba mais em: www.jbs360.com.br.

A JBS realiza anualmente auditoria independente sobre sua Política de Compra Responsável e os resultados são publicados. Ao identificar fazendas que não cumprem quaisquer dos critérios socioambientais da Companhia e do Compromisso Público da Pecuária, o sistema bloqueia o cadastro comercial do fornecedor, impossibilitando qualquer operação de compra até que a situação seja regularizada. Toda a compra de gado e o próprio Sistema de Monitoramento Socioambiental são anualmente auditados por empresa terceira, de forma independente.

Já nos Estados Unidos e no Canadá, os fornecedores de gado devem assinar uma declaração indicando o cumprimento das regulamentações governamentais e programas de certificação de bem-estar animal, como o Beef Quality Assurance (BQA) ou equivalente.

Na Austrália, é exigida uma Declaração Nacional de Fornecedores (NVD, na sigla em inglês). Além disso, os animais, antes de deixarem a propriedade onde nasceram, devem ser identificados com um dispositivo aprovado pelo Sistema Nacional de Identificação Pecuária (NLIS).

A garantia de origem de aves é dada pela parceria entre a Companhia e os produtores integrados, que inclui o fornecimento de todos os insumos, apoios técnicos e veterinários. Quanto aos suínos, além do trabalho conjunto com os produtores, as aquisições atendem a todas as exigências legais do país de origem.

 
 

Conheça também a Política de Uso da Terra da companhia no Brasil.