Gestão de bem-estar animal

O compromisso de assegurar o bem-estar animal está entre as prioridades da agenda global da JBS, em respeito às demandas de clientes, consumidores e sociedade e aos preceitos de valorização da vida. Em todas as linhas, a saúde e a segurança dos animais são prioridade.

As práticas adotadas estão de acordo com as melhores referências, como as cinco liberdades fundamentais dos animais, conceituadas pelo Farm Animal Welfare Council (FAWC).

 
 

Parcerias com produtores em todo o mundo são construídas para garantir o amadurecimento dessa agenda na Companhia – que mantém equipes especializadas em cada espécie, que adotam técnicas constantemente revisadas, e estimula seus produtores a garantir o melhor tratamento animal.

A empresa conta com equipes especializadas em cada espécie animal e adota técnicas que são constantemente aprimoradas de acordo com as melhores práticas do mercado no tema.

As unidades produtivas são frequentemente auditadas por clientes dos mercados interno e externo, que verificam critérios de sanidade, qualidade, bem-estar animal, rastreabilidade, nutrição, entre outros, em seu processo de verificação.

 
 

A JBS possui um programa de bem‑estar animal estabelecido em sua cadeia produtiva.

Além disso, mantém um Comitê de Bem-estar Animal, responsável pelo estabelecimento de diretrizes que aprimorem as Políticas de Bem-estar Animal adotadas, composto por representantes das áreas corporativas de Sustentabilidade, Qualidade, Agropecuária e Indústria, entre outros colaboradores.

Em 2019 esse mesmo comitê criou o Selo JBS de Bem-estar Animal, como forma de reforçar o compromisso de toda a companhia com o tema por meio de uma identidade única.

A JBS realiza anualmente auditoria independente sobre sua Política de Compra Responsável e publica em seu site os resultados desse processo. Para isso são verificadas se as propriedades de seus fornecedores de gado obedecem aos critérios socioambientais determinados por sua Política de Compra Responsável de Matéria-Prima.

As melhores práticas de Bem-estar Animal guardam estreita relação com o sucesso das operações da JBS. Por isso, as rotinas de trabalho atendem aos princípios do abate humanitário. Esse é um aspecto fundamental para a Companhia, que trata o tema com extremo rigor. Além do abate convencional, a empresa realiza abates religiosos, específicos para alguns mercados.

A empresa mantém no Brasil um Comitê Corporativo de Bem-Estar Animal, responsável pela avaliação e discussão dos temas relevantes para os negócios, com o objetivo de garantir a melhoria contínua do BEA nas unidades e relacionado aos assuntos estratégicos para a companhia. O comitê descreve os procedimentos e implementa os controles necessários em toda a cadeia de produção para assegurar que o bem-estar animal seja adequadamente mantido. Também é o espaço onde são discutidas estratégias para informar e engajar os colaboradores no tema.

Para que os cuidados estejam presentes ao longo de toda a cadeia de valor, as práticas e iniciativas adotadas se concentram em três momentos: