REFERÊNCIA SUSTENTÁVEL, JBS BIODIESEL É A PRIMEIRA EMPRESA CERTIFICADA PELO PROGRAMA RENOVABIO

 

Programa do governo federal autoriza a comercialização de créditos de descarbonização

 

A JBS Biodiesel, que é uma das grandes referências em sustentabilidade no Brasil, acaba de obter certificação para emissão de créditos de descarbonização (CBIOs), tornando-se a primeira empresa de biocombustíveis do país a alcançar este feito no âmbito do programa RenovaBio. Com isso, a Companhia estima colocar mais de 600 mil CBIOs anualmente no mercado.

 

Essa certificação, emitida pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), permite que as empresas possam emitir créditos para serem comprados a partir de 2020 por distribuidoras de combustíveis, como forma de compensação pelas vendas de combustíveis fósseis.

 

A certificação da Companhia tem a validação da empresa Green Domus, que reconhece que o biodiesel da JBS emite 11 vezes menos gases de efeito estufa que o diesel de origem fóssil, representando uma redução de emissões de 91,3%.

 

“A produção da JBS Biodiesel é seguramente uma das mais eficientes do mundo em termos energético-ambientais. Para cada mil litros do biodiesel gerado pela Companhia, em substituição ao diesel convencional, eliminamos uma emissão superior a duas toneladas de CO2e”, afirma o diretor da JBS Biodiesel, Alexandre Pereira.

 

De acordo com projeções da Green Domus, se considerarmos o volume produzido pelas unidades da JBS Biodiesel em 2018 (260 milhões de litros), a operação da Companhia neutralizará aproximadamente 640 mil toneladas de gases de efeito estufa a cada ano. Isto é, o equivalente às emissões anuais de uma cidade com uma população de 67 mil habitantes.

 

O resultado acima da média se deve ao perfil de operação das plantas da JBS Biodiesel, cuja produção utiliza, em sua maior parte, gorduras animais provenientes da cadeia produtiva da JBS, além de óleo de fritura recuperado.

 

Projeto Óleo Amigo é um exemplo do compromisso da empresa

 

Ainda em linha com a pegada ambiental, o projeto Óleo Amigo, desenvolvido na região de Lins (SP) pela JBS Biodiesel e responsável por recuperar óleo de fritura usado, desenvolveu atividades especiais durante todo o mês de setembro em comemoração ao Dia da Árvore.

 

Presente na abertura das ações na Fatec de Lins (SP), representantes do projeto e da JBS Biodiesel realizaram um pedágio de conscientização sobre a importância de nossas árvores e do Rio Tietê. A ação foi feita com o Centro de Reabilitação Eduardo Bicalho Magalhães (Crebim), uma instituição de caridade do município que atende pacientes com problemas mentais e deficientes físicos. A equipe do projeto participou, ainda, do plantio de 100 mudas de árvores em comemoração ao centenário da cidade de Lins.

 

Para finalizar, o mês de setembro ainda marcou o início do projeto Óleo Amigo na cidade de São José do Rio Preto (SP), com operação piloto em uma escola municipal da cidade. O planejamento é que a iniciativa avance para a maioria das escolas municipais do município.