fundo parallax

Comunicação

Linha Seara DaGranja leva informações sobre rastreabilidade aos consumidores com o projeto Origem

Empresa é a primeira do setor a oferecer uma linha de aves com transparência de ponta a ponta do processo de produção

Com foco em uma operação cada vez mais transparente, sustentável e inovadora, a Seara desenvolveu um sistema que reúne dados referentes a todas as etapas do processo produtivo dos frangos da linha Seara DaGranja, passando por todas as etapas de criação e produção. Chamado Seara Origem, o projeto tecnológico consiste no rastreamento completo de toda cadeia.

As informações sobre os produtos podem ser acessadas por meio de um QR Code impresso nas embalagens da linha Seara DaGranja, que leva para a plataforma da iniciativa. Nela, o consumidor insere o número do lote e a data de produção e pode acessar a todas as informações de rastreabilidade do produto, incluindo foto e localização da propriedade onde as aves foram criadas, dados da granja parceira, bem como detalhes sobre a unidade industrial em que o frango foi processado.

“Hoje em dia, as pessoas estão cada vez mais antenadas às informações dos alimentos que levam para casa, de onde vêm os produtos e o caminho que fizeram até chegar à sua mesa. Seguindo essa forte tendência, utilizamos a tecnologia para criar uma plataforma completa, que permite que as pessoas saibam toda a procedência e qualidade do produto que ela está consumindo”, diz José Cirilo, diretor executivo de Marketing e Trade Marketing da Seara.

“A transparência de ponta de ponta também demonstra que todos os profissionais envolvidos na criação dos animais, como produtores, técnicos agropecuários e veterinários, estão comprometidos com os melhores cuidados na criação das aves e todas as práticas de bem-estar animal, o que reflete diretamente na qualidade dos nossos produtos”, completa o executivo.

Atualmente, o projeto Seara Origem está presente na linha Seara DaGranja, produzida na unidade de Amparo, interior de São Paulo.