JBS AMBIENTAL RECICLA MAIS DE SEIS MIL TONELADAS DE PLÁSTICO POR ANO

 

Unidade de negócio também reaproveita, anualmente, mais de quatro toneladas de papelão

 

A JBS, maior processadora de proteína animal do mundo, também é uma das maiores empresas do Brasil no quesito reciclagem de plástico. São mais de seis mil toneladas recicladas todos os anos. A quantidade de plástico que deixa de circular livremente seria equivalente a 1 bilhão de sacolas de supermercado ou a, aproximadamente, 376,5 milhões de sacos de lixo de 30 litros.

 

A JBS Ambiental promove o ciclo fechado do plástico, que consiste em três etapas de inovação. Na primeira, acontece a compra da resina virgem para a produção de embalagens para alimentos na JBS Carnes. No descarte, eles voltam para a JBS Ambiental e viram capa de palete para exportação de produtos da JBS Couros. Após o uso, retornam para a empresa e viram sacos de lixo distribuídos para todas as fábricas da JBS no Brasil.

 

“Nosso maior objetivo é manter o mesmo plástico o maior tempo possível dentro da nossa cadeia, dando valor aos produtos, recursos e materiais, reduzindo a geração de resíduos e promovendo um ganho sustentável completo”, afirma a diretora da JBS Ambiental, Susana Carvalho.

 

Além do reaproveitamento de plástico, a unidade de negócios da JBS também destina para reciclagem, anualmente, mais de quatro mil toneladas de papelão oriundas das atividades nas unidades da JBS, entre outros resíduos.

 

Recentemente, a JBS Ambiental foi destaque na 9ª edição do Energiplast, um fórum sobre a Economia Circular do Plástico, realizado no Rio Grande do Sul. Susana Carvalho explicou em painel de cases de reciclagem como a empresa promove o ciclo fechado dos plásticos descartados e reciclados nas operações da JBS.

 

Participaram do evento instituições que atuam na economia circular do plástico, empresas que oferecem tecnologia, especialistas no assunto e convidados, como a JBS, que contaram como atuam na gestão dos seus resíduos.