fundo parallax

Comunicação

Terceiro voo fretado pela JBS com respiradores adquiridos pelo Governo do Ceará chega a Fortaleza

Trabalho logístico faz parte das doações do programa Fazer o Bem Faz Bem para o estado; os equipamentos foram adquiridos da China pelo do Ceará

Ceará, 17 de agosto de 2020 – Nesta segunda-feira (17), o Ceará recebeu mais uma carga de 45 respiradores da China. Esse é o terceiro voo fretado pela JBS com equipamentos adquiridos pelo do Ceará. Ainda nesta semana, no dia 20, outros 40 respiradores complementam a carga. Em breve, também chegarão a mais quatro navios que trazem 15 containers, com o transporte custeado pela Companhia, com 28,2 milhões de equipamentos de proteção que vão atender os profissionais da saúde no estado.

Todos os itens foram adquiridos pelo do Ceará, enquanto a logística de transporte foi patrocinada pelo programa “Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade”, da JBS, que está destinando mais de R$ 10 milhões ao estado para ajudar no enfrentamento da pandemia. A operação logística para o transporte aéreo dos materiais para o Ceará totaliza R$ 8 milhões.

Nos dias 4 e 17 de julho, chegaram os dois primeiros voos ao estado. O primeiro, carregado de EPIs; e o segundo trouxe da China 115 respiradores e mais de 260 mil EPIs. Para viabilizar os fretamentos, a equipe da JBS trabalhou em conjunto com o do Ceará e aplicou todo o seu conhecimento logístico e experiência em negócios com a China, avaliando, inclusive, o melhor aeroporto de destino.

Além do esforço logístico para o estado, o programa de doações da JBS também destinou R$ 2,7 milhões para as cidades de , Cascavel, Araripe e Lavras da Mangabeira que, somadas, têm capacidade de beneficiar mais de 3 milhões de pessoas. Para atender esses municípios, a Companhia fez a aquisição de cinco leitos clínicos; 61 equipamentos hospitalares, entre bombas de infusão e eletrocardiógrafos; mais de 190 mil EPIs hospitalares, como aventais, máscaras cirúrgicas e N95, protetores faciais e toucas; cerca de 1,5 mil itens de higiene e limpeza e mais de 7 mil cestas básicas para a população carente.

Programa da JBS também atua nas frentes Social e Científica

Projetos sociais, capazes de beneficiar diretamente 500 mil pessoas em todo o país, também foram selecionados pelo programa da JBS. Especificamente no Ceará, a Companhia confirmou recursos para a Casa de Nazaré, que atende cerca de 60 mulheres idosas em situação de vulnerabilidade; para a Escola de Desenvolvimento de Integração Social e Adolescente (EDISCA), que promove atividades de integração social para crianças e adolescentes de mil famílias; para a Toca de Assis, que oferece um serviço de acolhimento institucional para idosos em situação de rua, com acompanhamento médico e nas áreas de Serviço Social, Enfermagem, Fisioterapia e Nutrição; e para a ONG Happy Day Lavras, que promove assistência social a 200 famílias de baixa renda em situação de pobreza e extrema pobreza no município de Lavras da Mangabeira.

A população do estado também será atendida por meio do apoio da Companhia a outros programas, como o projeto Rede Cidadã, que atua na capacitação empreendedora de jovens do Ceará, Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Pernambuco, e atende cerca de 20 mil jovens; o projeto Amigos do Bem, que leva alimentação, infraestrutura, saúde, educação e desenvolvimento sustentável para a população do sertão nordestino, com 75 mil pessoas atendidas no Ceará, em Pernambuco e Alagoas; e para o programa Ação Social para a Igualdade das Diferenças (ASID), com sede no Paraná, que trabalha em prol da inclusão social da pessoa com deficiência intelectual e física. O projeto atua em todo o território nacional, empoderando as famílias e desenvolvendo as habilidades dessas pessoas para inclusão no mercado de trabalho, e atende mais de 10 mil pessoas.

 Instituições de pesquisa com estudos contra o coronavírus em todo o país também receberão doações da JBS. Na região, a Companhia dará suporte à Universidade Federal do Ceará, em estudo sobre os mecanismos imunopatológicos e imunorreguladores em Covid-19 e possíveis ferramentas para o controle da doença.

O programa de doações é coordenado por Joanita Maestri Karoleski, ex-CEO da Seara, com um time de 30 colaboradores da JBS totalmente dedicado à iniciativa. A contribuição da Companhia também se estende pela utilização de sua estrutura pelo país. As consultorias Tyno, na área administrativa, e Grant Thornton, na auditoria das doações, apoiam o projeto de forma pro bono.

Para mais informações acesse jbs.com.br/fazerobemfazbem.

Sobre a JBS

A JBS é uma das líderes globais da indústria de alimentos e conta com uma plataforma global de produção diversificada por geografia e por tipos de proteína. A Companhia conta com mais de 240 mil colaboradores, em unidades de produção ou escritórios em todos os continentes, em países como Brasil, Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Austrália, China, entre outros – no Brasil são mais de 130 mil colaboradores, sendo a empresa uma das maiores empregadoras privadas do país.

No mundo todo, a JBS oferece um amplo portfólio de marcas reconhecidas pela excelência e inovação: Friboi, Moy Park, Pilgrim’s Pride, Primo, Seara, Swift, Gold’n Plump, entre outras. São mais de 275 mil clientes atendidos em todo o mundo, de 190 nacionalidades. Com foco em inovação, essa diretriz se reflete também na gestão de negócios correlacionados, como couros, biodiesel, colágeno, higiene pessoal e limpeza, envoltórios naturais, soluções em gestão de resíduos sólidos, reciclagem, embalagens metálicas e transportes.

A Companhia conduz suas operações com foco na alta qualidade e na segurança dos alimentos e adota as melhores práticas de sustentabilidade em toda sua cadeia de valor. Por meio do uso de imagens de satélite, mapas georreferenciados e dados públicos oficiais, a JBS monitora seus fornecedores de forma permanente. As melhores práticas de Bem-Estar Animal guardam estreita relação com o sucesso das operações da JBS, que trata o tema com extremo rigor e tem investido cada vez mais no aprimoramento de ações que sigam as melhores práticas de mercado.

 


Conteúdos relacionados: