PROJETO SOCIAL DA JBS GERA RENDA PARA PEQUENOS PECUARISTAS DE RONDÔNIA

Iniciativa oferece assistência aos criadores visando melhoria de qualidade da produção e beneficiou 100 famílias da região em 2017; Meta é chegar a 470 produtores em 2019

 

São Paulo, 2 de janeiro de 2018 – A JBS firmou contrato com pequenos pecuaristas da região de São Miguel do Guaporé, em Rondônia, para compra de 15.243 cabeças de gado até 2019, como parte do projeto de desenvolvimento do Programa Selo Combustível Social para a produção de biodiesel.

 

Em 2017, primeiro ano do projeto, a empresa comprou 1.961 cabeças de gado, gerando um faturamento de R$ 3,5 milhões para cerca de 100 famílias locais. As compras já contratadas para 2018 e 2019 somam mais de 6 mil cabeças por ano.

 

A meta é chegar a 50 mil cabeças no biênio 2018-2019, o que gerará cerca de R$ 90 milhões, nos dois, para mais de 470 famílias da região.

 

Selo Combustível Social
A parceria entre a JBS e os pecuaristas de São Miguel do Guaporé surgiu de uma iniciativa da JBS Biodiesel e da JBS Carnes que vem capacitando os pequenos criadores locais visando a melhoria de pastagens, gestão da propriedade, manejo do rebanho e melhoramento genético, com garantia de compra pela empresa.

 

A capacitação é incentivada pelo Programa Selo Combustível Social (SCS) da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e está atrelada ao Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB).

 

O Selo Combustível Social era oferecido exclusivamente para agricultores, como estímulo ao desenvolvimento e à geração de biodiesel a partir de fontes oleaginosas, como a soja. Como o sebo bovino, coproduto do processamento de carne, é a segunda fonte mais importante de matéria-prima de biodiesel no Brasil, a inclusão da cadeia da pecuária no PNPB em 2015, pôde gerar um estímulo muito maior à economia.

 

O projeto da JBS em São Miguel do Guaporé foi pioneiro em envolver pecuaristas no programa.

 

“Os pecuaristas familiares antes negociavam com pequenos compradores e frigoríficos municipais. No projeto, eles ganham com aumento de produtividade e da qualidade do gado, o que gera maior valor agregado e abre as portas com compradores exigentes que pagam mais pela carne de qualidade. É um ganho em escala”, explica Fábio Dias, diretor de Relacionamento com o Pecuarista da JBS.

 

Capacitação e melhoria genética
A JBS oferece assistência gratuita aos pecuaristas por meio de uma equipe técnica composta de engenheiros agrônomos, técnicos em agropecuária e veterinários especializados em reprodução de bovinos.

 

O apoio da equipe passa por orientações sobre planejamento financeiro, opções de venda preestabelecidas, bonificação extra por qualidade do gado comercializado e venda de 100% do rebanho garantida em contrato.

 

A equipe também analisa os potenciais produtores de gado que podem aderir ao programa e garante que todos estejam adequados às leis ambientais e trabalhistas e atendam às exigências da empresa para fornecedores.

 

Em um ano de projeto, foram emitidos 279 laudos de assistência técnica, que dizem respeito a recomendações de melhoria de pastagens, manejo e gestão financeira da propriedade, análise e correção de solos, melhoria das instalações e melhoramento genético.

 

Já foram realizados 1.125 procedimentos reprodutivos por inseminação artificial, utilizando-se touros das raças aberdeen angus e nelore, com acompanhamento do diagnóstico de gestação com ultrassom realizado na propriedade do pecuarista.

 

Biocombustível
Em 2017, a JBS produziu 210 milhões de litros de biodiesel em suas usinas de Lins (SP) e Campo Verde (MT). Parte dessa produção foi respaldada pelo projeto com os pecuaristas familiares de São Miguel do Guaporé (RO).

 

“Acompanhando as metas para o biênio 2018-2019, a nossa produção de biodiesel deverá ficar próxima de 500 milhões de litros nesse período, também com respaldo do projeto com pecuaristas locais”, afirma Alexandre Pereira, diretor da JBS Biodiesel.

 

A adesão da JBS Biodiesel ao Programa Selo Combustível Social vem beneficiando, desde 2007, cerca de 5 mil pequenos produtores de grãos por meio da aquisição de sacas de soja.

 

Sobre a JBS
A JBS é uma das líderes globais da indústria de alimentos e conta com cerca de 235 mil colaboradores, em mais de 20 países. A companhia possui um portfólio de marcas reconhecidas pela excelência e pela inovação, como Doriana, Friboi, Moy Park, Pilgrim’s Pride, Primo, Seara, Swift, Gold’n Plump, entre outras, que atendem 300 mil clientes de mais de 150 nacionalidades em todo o mundo. Com foco em inovação, essa diretriz se reflete também na gestão de negócios correlacionados, como couros, biodiesel, colágeno, higiene pessoal e limpeza, invólucros naturais, soluções em gestão de resíduos sólidos, embalagens metálicas e transportes. A JBS adota as melhores práticas de sustentabilidade em toda sua cadeia de valor, e monitora seus fornecedores de forma constante por meio do uso de imagens de satélite, mapas georreferenciados das fazendas e acompanhamento de dados oficiais de órgãos público, além de conduzir suas operações com foco na alta qualidade e na segurança dos alimentos, e na preocupação com o bem-estar animal.

 

JBS
Diretoria de Comunicação Corporativa
+55 11 3144-5364 | 4996 | 7997
imprensa@jbs.com.br