fundo parallax

Comunicação

Plantas da Friboi em Mato Grosso sediam quatro etapas do Circuito Nelore em julho

Primeira etapa será realizada na unidade da Friboi em Alta Floresta (MT)

 

Mato Grosso, 1º de julho de 2020 – O Circuito Nelore de Qualidade passa por quatro cidades do Mato Grosso, em julho. A primeira acontecerá na unidade da Friboi em Alta Floresta, nos dias 06 e 07 de julho. A partir das avaliações nos quesitos idade, peso e cobertura de gordura nas carcaças, a iniciativa serve como uma ferramenta de avaliação para os pecuaristas, que podem apurar a qualidade de seus animais, reconhecer eventuais pontos a serem melhorados em seu sistema de produção, e mostrar a qualidade de seu trabalho.

O Circuito Nelore de Qualidade é promovido pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), com apoio da Associação dos Criadores de Nelore de Mato Grosso (ACNMT) e patrocínio da Friboi e Matsuda.

“Nosso maior desafio é atrair cada vez mais pecuaristas para participar do Circuito Nelore de Qualidade, por se tratar de uma iniciativa que torna a pecuária um negócio mais lucrativo e viável tanto para pequenos quanto para médios e grandes produtores. Afinal, cada um pode inovar segundo sua própria realidade”, afirma Breno Molina, presidente da ACNMT.

A etapa do Circuito de Alta Floresta deve avaliar até 500 animais. Ainda em julho, os pecuaristas de Mato Grosso terão a oportunidade de participar das etapas de Colíder (08 e 09), Juara (13 e 14) e Diamantino (22 e 23).

Contatos para inscrições

Para participar do Circuito Nelore de Qualidade 2020 em Alta Floresta, os pecuaristas devem entrar em contato com a unidade da Friboi pelo telefone (66) 3512-7516 e falar com Adriano. Para se inscrever na etapa de Colíder, o contato deve ser feito com Geraldo, Cristiano ou Danillo: (66) 3541-5825, (66) 3541- 5826 ou (66) 99968-8456.  Em Juara, as inscrições devem ser feitas com Felipe ou Rogério: (66) 3556-9533 ou (65) 99919-4382. Já quem deseja participar da etapa de Diamantino deve entrar em contato com Thiago: (65) 3337-3545.

Qualquer pecuarista pode participar do Circuito Nelore com lotes a partir de 18 a 20 cabeças. Para os sócios da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil há uma vantagem: eles podem abater os animais dentro do Protocolo de Qualidade Nelore Natural, cujas premiações podem chegar até R$ 10,50 por arroba.

Circuito Nelore de Qualidade

Realizado pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), o Circuito Nelore de Qualidade fortalece e promove a genética e a carne da raça, contribuindo para elevar a produtividade da pecuária nacional. A iniciativa avalia resultados obtidos pelos produtores, cada qual em sua realidade e sistema de produção.

Promovido desde 1999, o Circuito conta com apoio da Friboi e Matsuda Sementes e Nutrição Animal e cresce a cada ano: em 2020, estão previstas 40 etapas em 11 estados. Até o fim do ano, 25 mil animais devem ser avaliados, consolidando o Circuito Nacional de Qualidade como o maior campeonato de avaliação de carcaças de bovinos do mundo. Mais informações: www.nelore.org.br/circuitonelore

 

Sobre a Friboi
Com mais de quatro décadas de história, a Friboi – unidade de negócios de carne bovina da JBS – revolucionou o mercado ao descomoditizar a carne bovina brasileira e construir uma marca referência no mercado.  A empresa mantém algumas das marcas de carne bovina mais reconhecidas do Brasil, com um amplo portfólio de produtos, composto pela homônima e líder de mercado Friboi, Maturatta Friboi, Do Chef Friboi, Reserva Friboi, 1953 Friboi e Swift Black, que atendem a diversos públicos. Com foco na garantia de origem, na qualidade e na segurança do alimento entregue ao consumidor, desde o bem-estar animal até a entrega do produto final, a Companhia adota as melhores práticas de sustentabilidade em toda sua cadeia de valor, e monitora seus fornecedores de gado de forma constante por meio do uso de imagens de satélite, mapas georreferenciados das fazendas e acompanhamento de dados oficiais de órgãos públicos. A Friboi está presente em mais de 150 países e, atualmente, conta com 37 unidades produtivas em todo o Brasil.