ASSISTÊNCIA SOCIAL

Assistência Social

 

Em parceria com os comitês consultivo e social, a JBS aprovou nessas três semanas a liberação de R$ 11,080 milhões para organizações sociais sem fins lucrativos.

Os projetos liderados por essas instituições atendem cerca de 500 mil pessoas no Brasil e focam a assistência social para comunidades consideradas em situação vulnerável principalmente no que se refere à retomada econômica.

 
 

Centro das Mulheres do Cabo – Com atuação em Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco, a organização social se dedica a questões de igualdade de gênero, de raça e afirmar os direitos humanos das mulheres. Atualmente, tem sua atuação focada em comunidades mais vulneráveis à pandemia. O projeto atende 300 famílias.

Fundação Antônio dos Santos Abranches (FASA) – Dedicase ao desenvolvimento da educação, assistência social e cultural em Pernambuco. Apoia projetos de extensão nas áreas de sustentabilidade ambiental, social, saúde, educação e promoção dos direitos humanos. O projeto apoiado atende 900 famílias em situação de vulnerabilidade social.

Ação Social para a Igualdade das Diferenças (ASID) – Trabalha em prol da inclusão social da pessoa com deficiência intelectual e física no Paraná com atuação em todo o território nacional empoderando as famílias e desenvolvendo as habilidades dessas pessoas para inclusão no mercado de trabalho. O projeto apoiado atende 3.300 mil famílias.

Instituto Água Viva – Com sede no Espírito Santo, promove educação e sustentabilidade para a população do sertão profundo do Brasil. Atende 11 mil adultos e idosos, além de 4 mil crianças.

Aldeias Infantis SOS – A partir de São Paulo, atua no acolhimento e na institucionalização de jovens e crianças vulneráveis. Projeto apoiado atende 1.300 famílias.

Instituto Escola do Povo – Organização de promoção da educação e inclusão social na comunidade de Paraisópolis, em São Paulo, que irá desenvolver rede de 100 mulheres para produção de marmitas em suas casas: 1.000 pessoas/dia serão beneficiadas.

Kanindé – Entre as principais atividades desenvolvidas estão ações de vigilância e fiscalização da Terra Indígena Uru-eu-wauwau e do Parque Nacional de Pacaás Novos, em Rondônia, além de assessoria às organizações indígenas.

Casa das Mulheres da Maré – Trabalha para o enfrentamento da violência de gênero no conjunto de favelas da Maré, no Rio de Janeiro. Atende 1.500 pessoas diariamente.

Amigos do Bem – Com sede em São Paulo, a instituição atende 75 mil pessoas e trabalha no fomento e desenvolvimento de quatro pilares: saúde, educação, emprego e social.

Banco de Alimentos – Distribuição de alimentos para comunidades carentes em todo o Brasil. São 33 instituições atendidas, com 280 mil pessoas beneficiadas. Tem sede em São Paulo.

Projeto Saúde e Alegria (Ceaps – Centro de Estudos Avançados de Promoção Social e Ambiental) – Atua na Amazônia, com o objetivo de promover e apoiar processos participativos de desenvolvimento comunitário integrado e sustentável, que contribuam no aprimoramento de políticas públicas, na qualidade de vida e no exercício da cidadania. São 5 mil famílias atendidas.

Casa de Nazaré – Presta atendimento em Fortaleza (CE) a 57 idosas carentes no sistema de longa permanência.

Escola de Desenvolvimento de Integração Social e Adolescente – Trabalha em prol do desenvolvimento de crianças adolescentes em situação de vulnerabilidade em Fortaleza, no Ceará. Ação emergencial vai atender mil famílias.

Rede Cidadã - Com sede em Minas Gerais, atua na inclusão produtiva de jovens em todo o Brasil. Já incluiu 88 mil jovens e chegará a 100 mil até dezembro de 2020.

Agência Redes de Juventude - Trabalha no Rio de Janeiro pela promoção do empreendedorismo e fomento à retomada da economia. Atende 3,6 mil jovens.

Marianas – Desenvolve ações focadas em empreendedoras em Minas Gerais. Presta atendimento a 800 mulheres.

Extensão Amazônia – Apoia e fortalece empreendimentos de inclusão socioprodutiva nos diversos setores, com especial atenção a microempreendedores, à agricultura familiar e a povos tradicionais. São 1.453 pessoas atendidas.