PROCESSO DE ECONOMIA CIRCULAR DA JBS AMBIENTAL É APRESENTADO

EM FEIRA INTERNACIONAL DO SETOR DE PLÁSTICOS

 

A JBS Ambiental apresentou seu modelo de economia circular do plástico na 17ª edição da Feiplastic (Feira Internacional do Plástico), considerada uma das mais importantes para o setor. Com o tema “A inovação que orienta o sucesso”, o evento ocorreu de 22 a 26 de abril, em São Paulo.

 

O processo de reaproveitamento do plástico passa por três ciclos de inovação na JBS Ambiental. O primeiro é a compra da resina virgem para a produção de sacos para alimentos para a Friboi. No descarte, esses envelopes voltam para a JBS Ambiental e viram capa de palete (plataforma que é utilizada nos galpões de produção e de logística) para a JBS Couros. Após o uso, retornam para a empresa e viram sacos de lixo distribuídos para todas as fábricas da JBS.

 

“Ao apresentar nosso case para o mercado, mostramos que o nosso maior objetivo é manter o plástico o maior tempo possível dentro da nossa cadeia, dando valor aos produtos, recursos e materiais, reduzindo a geração de resíduos e promovendo um ganho sustentável completo”, afirmou Fabio Maranho, especialista de P&D e Projetos da JBS Ambiental.

 

Com essa estratégia inteligente, a companhia recicla 6,4 mil toneladas de plástico por ano, o que a destaca entre outras empresas privadas do país. Por meio de pesquisas e investimentos permanentes, que visam transformar o que seria lixo em produtos de valor dentro de sua cadeia, a JBS Ambiental projeta para 2019 duplicar o volume de plástico reciclado reutilizado, ou seja, cerca de 13 mil toneladas de material que deixa de poluir o meio ambiente.