JBS COUROS PROMOVE AÇÃO DE SEGURANÇA PARA CONSCIENTIZAR COLABORADORES E

PLANTA DA SEARA ALCANÇA 12 ANOS SEM AFASTAMENTOS

 

Somente no ano passado, mais de 135 mil colaboradores de diversas operações globais

passaram por treinamentos de segurança no trabalho

 

Segurança é um tema inegociável na JBS e de extrema importância para todas as operações da Companhia em todo o mundo. Em linha com esse direcionamento global, a unidade da JBS Couros de Barra do Garças (MT) realizou um treinamento sobre segurança no trabalho, com foco principalmente na não utilização de acessórios e de celulares na planta.

 

Por meio de demonstrações práticas, os participantes puderam perceber que os celulares, além de tirarem a atenção, também podem atrapalhar o manuseio de equipamentos, a exemplo de adornos e acessórios.

 

A ação ocorreu no mês passado, no início de cada turno, contemplando praticamente grande parte dos colaboradores da operação, e contou com a participação do SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) que presta serviço para a planta. Toda a liderança da Unidade foi envolvida, para dar mais alcance à mensagem.

 

Também foram realizadas palestras sobre segurança, ginástica laboral e uma dinâmica que simulou o uso de aplicativos de bate-papo durante o expediente, para ilustrar a ação e reforçar as informações.

 

Ainda no mês de julho, a unidade da Seara em Salto Veloso (SC) completou 12 anos sem acidentes com afastamento no setor de higienização pré-operacional. Para comemorar, as equipes da planta se reuniram para uma cerimônia de agradecimento coletivo pelo compromisso de todos os colaboradores.

 

A marca alcançada pela unidade catarinense reforça a importância do tema para a JBS. Em 2018, a Companhia investiu mais de R$ 300 milhões em segurança e bem-estar dos colaboradores. A gestão da saúde e segurança da Companhia segue princípios globais, e cada uma das operações dispõe de equipes especializadas para tratar desses temas, com profissionais responsáveis por mapear riscos e estabelecer atividades e projetos, como treinamentos e ações de educação.

 

A empresa monitora diariamente os principais indicadores de segurança, com análises periódicas de desempenho, para que as decisões sejam tomadas rapidamente e com a máxima prioridade.