NET ZERO 2040

ALIMENTAR A MUDANÇA É O NOSSO COMPROMISSO.

Há um ditado segundo o qual nós não somos donos da Terra, apenas a tomamos emprestada dos nossos filhos. Por isso, temos que olhar para tudo que nosso planeta nos oferece e pensar em como podemos manter esses recursos e este ecossistema vivos para as próximas gerações. Para nós, este é o conceito central de sustentabilidade.

Mas, com tudo que a ciência nos mostra, temos que fazer grandes transformações em nossas vidas, nossos costumes e nossas empresas. O aquecimento global é um fato. Um dos maiores desafios que a humanidade tem pela frente. Precisamos de uma mudança radical de processos e comportamentos agora. Precisamos de compromissos. E precisamos tirar isso do papel agora.

Em respeito ao futuro das próximas gerações, a JBS anuncia o compromisso global de se tornar NET ZERO até 2040.

A JBS vai zerar o balanço de suas emissões de gases causadores do efeito estufa, ou seja, reduzir a intensidade de suas emissões diretas e indiretas e compensar toda a emissão residual. Esse compromisso se estende aos escopos 1, 2 e 3 de nossas emissões. O “Escopo 1” é relativo às emissões de direta responsabilidade da JBS. As emissões de “Escopo 2” são as indiretas provenientes da geração de eletricidade para a Companhia. Já as de “Escopo 3” são as não pertencentes e não controladas pela organização: emissões indiretas provenientes da cadeia de valor dos nossos parceiros agrícolas e fornecedores, que vão desde a produção da matéria-prima ao descarte das embalagens dos produtos.

Sabemos que será um caminho repleto de desafios e estamos nos preparando para enfrentá-los.

Confiamos na ciência e investiremos em pesquisa e tecnologia para desenvolver respostas aos desafios para os quais ainda não há solução definida.

A JBS adotará diversas estratégias para tirar esse compromisso do papel, incluindo:

  • Redução das emissões em nossas operações: até 2030, a JBS reduzirá em pelo menos 30% suas emissões de escopos 1 e 2, em comparação com as do ano de 2019.

  • Investimento de US$ 1 bilhão ao longo dos próximos 10 anos, incluindo fomento a projetos de terceiros com foco em nossas operações. Esses projetos serão avaliados por um comitê formado por executivos da JBS, acadêmicos e especialistas externos.

  • Alcançar uma cadeia de fornecedores de gado - incluindo os fornecedores de nossos fornecedores - livre de desmatamento ilegal na Amazônia até 2025. E nos demais biomas brasileiros até 2030. A Companhia tem como meta, ainda, zerar o desmatamento em sua cadeia de fornecimento global até 2035.

  • Promover a colaboração entre os diversos setores que compõem a nossa cadeia de valor e stakeholders.

  • Uso de 100% de energia renovável nas unidades em todo o mundo: a JBS vai aderir ao RE 100, convertendo para 100% de eletricidade renovável toda a sua operação até 2040;

  • Investimento de US$100 milhões até 2030 em Pesquisa e Desenvolvimento, para implementar soluções de mitigação das emissões, como melhoria nas práticas agrícolas regenerativas, intensificação de sequestro de carbono no solo e em tecnologias voltadas para as fazendas dos fornecedores.

  • Atrelar a remuneração variável de altos executivos da JBS às metas de mudança climática.

Cumprir nosso propósito de alimentar o mundo de maneira sustentável é a única forma de continuarmos existindo enquanto pessoas, empresa, sociedade e planeta. É também nossa contribuição com o futuro da humanidade. Um desafio tão grande quanto nossa certeza de alcançá-lo. Este é o compromisso que assumimos hoje, em nome de nossos 250 mil colaboradores em todo o mundo: alimentar a mudança no presente para garantir o futuro de todos nós.

JBS. Alimentando o mundo com o que há de melhor.